[ editar artigo]

Qual vai ser sua gota d'água?

Qual vai ser sua gota d'água?

Essa é uma expressão muito conhecida, todo mundo já chegou a uma situação determinada, chutou o balde e falou assim "não aguento mais, chega, isso foi a gota d'água pra mim", é o chamado burnout que bate e quem abre a porta por vezes é uma situação muito pequena e sem uma justificativa muito boa.


Só que conhecemos o nosso limite e não devemos deixar transpassar essa linha tênue se podemos evitá-la, mas como fazer isso?


Entendo que devemos nos conhecer em primeiro lugar e definir como queremos ser tratados, para sabermos o que esperar das situações, em determinados momentos somos movidos por uma esperança que nos leva cegamente a caminhar pra beira do precipício, acreditamos que naquela situação será diferente, que o job é novo, que o boy é outro, que a sua família e amigos vão te respeitar desta vez, só que a situação se repete. E, infelizmente ou felizmente você é o único capaz de alterá-la.


"ahhh, mas nem tudo é previsível Ana"


Concordo e acho muito válido que entendamos a importância da imprevisibilidade para gerir uma crise, seja de imagem, financeira ou de ansiedade. Só que não podemos ser hipócritas de achar que pensando nisso, evitamos as situações de esgotamento na nossa vida, estamos acostumadas a deixar ao nosso jeitinho brasileiro e procrastinamos até mesmo a construção dos modos de relações que entendemos ser saudáveis.

E isso é importante para ambos os lados da relação, não contando apenas os laços afetivos, mas também os profissionais, o cliente que não te valoriza está desta forma porque existe uma falha de comunicação do seu valor neste negócio. Busque deixar claro o seu papel em todas os âmbitos da sua vida.


E a conclusão de tudo isso?


Pra evitar a gota d'água, o esgotamento, o burnout, só olhando pra dentro, definindo os seus objetivos e respeitando os limites que você mesmo sabe que pode suportar. Aceite você, abrace você, o efeito da transformação é incrível, eu garanto.

COMUNIDADE EFEITO ORNA
Ana Carla Batista
Ana Carla Batista Seguir

Advogada. Redatora Jurídica. Pseudo filósofa. Artesã nas horas vagas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você