[ editar artigo]

Por que os profissionais da saúde precisam estar na internet?

Por que os profissionais da saúde precisam estar na internet?

Foi-se o tempo em que era possível escolher estar ou não na internet. Nem toda marca precisava, necessariamente, ter perfis em redes sociais. Mas, como eu escrevi, foi-se o tempo. Hoje o cenário é outro e tão importante quanto um espaço físico de atendimento, é o online que você irá construir.

Para profissionais de saúde, em sua grande maioria de perfil "low-profile", essa adaptação à nova realidade não foi fácil. Se antes precisavam se preocupar 80% do tempo com a saúde de seus pacientes e 20% na administração de sua carreira, hoje a proporção está em torno de 65% e 35%. Claro que a saúde será sempre a prioridade, mas o tempo que precisa ser usado para administrar sua reputação certamente aumentou, especialmente depois da internet.

É fato, todo médico - em qualquer especialidade - precisa construir a sua reputação digital. Mas, por quê? Simples. As redes sociais (e aqui cito especialmente o Instagram) viraram os novos cartões de visita. A propaganda boca a boca ainda é a maior entrada de novos pacientes, mas para que esses novos pacientes conheçam estes profissionais antes do contato em consultório, eles checam a internet para saber quem é esse profissional. Acredite, isso acontece muito mais do que os profissionais acham. "Tenho um endocrinologista maravilhoso e que pode te ajudar", diz um amigo. "Ah é, qual o Instagram dele?", responde o possível novo paciente. E aí, minha gente, se você não tem uma boa rede construída, com informações sobre a sua área e com conteúdo que mostre (um pouco, que seja) quem você é, a jornada do seu possível paciente pode encerrar por ali. Ninguém vai em um profissional de saúde às escuras hoje. A internet é o seu primeiro cartão de visita.

Por isso escolhi trabalhar, entre outros poucos nichos, a comunicação dos profissionais de saúde. São pessoas carentes de uma atenção especial e de um cuidado que vai além de transformar médicos em "blogueiros"; nós queremos construir autoridades. Você começou a construir a sua? Pense nisso!

COMUNIDADE EFEITO ORNA
Tatiana Fanti
Tatiana Fanti Seguir

Desenvolvo a carreira e a marca de profissionais de saúde e a comunicação de marcas de beleza, lifestyle e bem-estar. Mas vou além disso. Sou mãe da Maria Eduarda (12 anos), do Arthur (11 meses) e cozinheira amadora nas horas vagas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você