[ editar artigo]

O Tik Tok não foi criado para a pandemia, o que podemos aprender com isso?

O Tik Tok não foi criado para a pandemia, o que podemos aprender com isso?

O aplicativo Tik Tok teve o seu lançamento no ano de 2016, mas foi em 2018 que começou a fazer sucesso e com a pandemia, as pessoas em casa, a criação de conteúdo em massa, atingiu o auge em 2020, sendo o aplicativo mais baixado desde o início do ano.

Mas isso significa que eles tiveram a sorte na pandemia?

Não, esse é o típico caso de uma análise rasa, daquelas pessoas que olham o sucesso e não buscam encontrar a fonte de esforço. Aquela típica vizinha que não vai ver as inúmeras noites que passou criando, desenvolvendo e testando o seu produto e que quando você atingir o sucesso, vai dizer que foi sorte sua.

Olhando as informações citadas acima, os dados demonstram que a consistência e aperfeiçoamento de 4 anos ativo na rede, fez do Tik Tok um aplicativo pronto para aproveitar o momento perfeito para crescer, a época de isolamento social.

O aplicativo já vinha crescendo e cada dia traz novidades para quem sempre quis produzir vídeos, mas não tinha como ficar desvendando plataformas complexas de edição.

Digo isso, para todos enxerguem que sucesso estará vinculado a estas premissas, ideia, trabalho, consistência, algo que podemos controlar e o momento, timing, feeling de uma situação que não temos controle.

As demais redes sociais também demoram pelo menos 5 anos para atingir números altos, se comparados com negócios do século passado podemos dizer que o crescimento é meteórico, mas comparado com o nosso século, que deve ser a única comparação possível é o tempo de constância necessário para alguém chamar de sorte no final.

Mas o importante é estarmos prontas para o momento que a sorte bater a nossa porta, a gente seja constante o suficiente para estarmos preparadas pro sucesso.

 

P.s.: se prepare também pra ser inferiorizada com termo como "aplicativo das dancinhas" e espere as colaborações chegarem até você ;)

COMUNIDADE EFEITO ORNA
Ana Carla Batista
Ana Carla Batista Seguir

Advogada. Redatora Jurídica. Pseudo filósofa. Artesã nas horas vagas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você