[ editar artigo]

O risco de planejar e não realizar.

O risco de planejar e não realizar.

Começo de ano é sempre igual, vemos uma infinidade de pessoas com seus planners e colocando toda a vida em ordem, eu também faço isso, mas no começo desse ano resolvi me planejar de uma forma que, desde o primeiro dia do ano eu começasse a colocar em prática tudo que estava planejando.

Vejo que por muitas vezes sentamos em Dezembro/ Janeiro, planejamos inúmeras coisas, escrevemos em nossos planners e ali elas ficam, em uma planner lindo, cheio de páginas de organização, motivação, adesivos e tabelas. Nos empenhamos tanto em escrever que esquecemos de montar estratégias, analisar no que precisamos crescer, quais caminhos percorrer, que conexões criar, em qual porta bater e também quais portas fechar. Esperamos que a mágica aconteça através de um pedaço de papel e muitas vezes terminamos o ano apenas relendo tudo que planejamos e passamos esses desejos para um novo planner, esperando a mágica novamente.

Entenda que o problema não é ter um planner, não é o ritual em escrever, eu adoro, mas em achar que as coisas vão acontecer sozinhas. Use seu planner todo, não tenha dó de escrever nas páginas, de desenhar, de traçar metas, se organize mas aja, entre de cabeça nesses sonhos. Comece com um passo, coloque no papel o que deseja, planeje como vai caminhar por esse caminho de conquista, levante, ande nem que seja um passo de cada vez, não permita que nada nem ninguém te impeça e alcance cada objetivo, vamos terminar o ano usando nosso planner como um memorial de um ano onde não só escrevemos, mas vivemos cada linha escrita.

Quem sabe seu planner/ diário se torne um livro de memórias, vitórias e ensinamentos para tantos outros. Você é muito mais do que imagina, bora começar!

 

COMUNIDADE EFEITO ORNA
Ler conteúdo completo
Indicados para você