[ editar artigo]

Mãe, quero ser Coolhunter!

Mãe, quero ser Coolhunter!

Uma nova área desponta no Marketing. O nome é curioso: Cool Hunter. Esse profissional, antes restrito à Moda, é o responsável por pesquisar o que será novidade antes mesmo de virar uma mania de consumo. Também chamados de TrendHunters, eles caçam as tendências nos diversos nichos de mercado, como moda, beleza, tecnologia, gastronomia, dentre outros. Mas, afinal, como eles sabem o que pode pegar?

Bom, antes de ser uma profissão, Cool hunting é um estilo de vida. Esse segmento é bem interdisciplinar, ao fazer uma convergência entre Sociologia, Psicologia, História, Artes Visuais, Geografia e Comunicação.A partir de todo esse arcabouço cultural do profissional em conjunto com as pesquisas de opinião e etnográfica, o Cool Hunter coleta todo material com base no briefing e o nicho disponibilizado previamente pelo cliente.

Existem no mundo vários laboratórios de pesquisa na área de Tendências, principalmente, na Europa. Muitos deles têm correspondentes em muitos hotspots de novidades, como Nova York, Tóquio, Londres, Milão, Madri e São Paulo, por exemplo.

A jornalista e Cool Hunter Sabina Deweik foi uma das pioneiras a trazer esse conceito para o Brasil, ao  inaugurar por aqui o renomado Future Concept Lab, laboratório italiano especialista em rastrear o que poderá “pegar” na área do consumo.

Se você gostou desse post, gostaria de convidá-los para conhecer o meu blog, chamado Damorida, carinhosamente apelidado de #Damô. O nome surgiu em alusão à comida indígena Damurida, um caldo apimentado típico da etnia Macuxi de Roraima. Também, uma forma de rimar com Amor, porque a nossa bandeira é a Saúde Mental. 

Agradeço pelo espaço! Vamos lá, grupo! ⚡

 

COMUNIDADE EFEITO ORNA
Ler matéria completa
Indicados para você