[ editar artigo]

Indo devagar, sem culpa!

Indo devagar, sem culpa!

Viver correndo já se tornou tão normal que quem decide seguir no próprio ritmo é visto como preguiço, procrastinador e por aí vai....


Logo no começo de 2021, mas precisamente em uma manhã preguiçosa de Domingo, quando mais uma vez eu buscava alguma inspiração sobre o que de fato eu gostaria de estar escrevendo, acabei esbarrando em um termo em inglês que chamou muito a minha atenção: Slow Living

E em fração de segundos, depois de uma busca rápida pelo assunto, lá estava eu mergulhada no principal livro que trata desse assunto, o Devagar de Carl Honoré. (Obrigada Kindle!) Curiosa como sou, comecei a ler tudo sobre o tema, e fiquei encantada.

Muito do que é proposto no livro eu já aplicava, só não sabia que haviam dado um nome para isso, eu achava que esse era só o meu jeito rebelde de ser!

Foi libertador ler e entender aquilo tudo e quanto mais estudo sobre o Slow Living mais quero compartilhar e mostrar que sim é possível viver no próprio ritmo.

Mas afinal o que é Slow Living?

Eu separei aqui um trecho do livro Devagar, do Carl :

(...) "É uma revolução cultural contra a noção de que mais rápido é sempre melhor. A filosofia Slow não é fazer tudo a um ritmo de caracol. Trata-se de tentar fazer tudo à velocidade certa. Saboreando as horas e minutos em vez de apenas contá-los. Fazendo tudo o que for possível, em vez de ser o mais rápido possível. É sobre ter qualidade em detrimento da quantidade em tudo, desde o trabalho até a comida e a criação dos filhos”.

Na minha opinião o Slow Living é um estado de espírito, é uma sensação interna de calma e de paz. É um modo de se viver onde a cada nova escolha você se sente mais consciente e conectado a sua verdadeira essência e propósito.

O Slow serve para todo mundo?

Eu penso que viver a filosofia Slow é uma escolha, e todo nós podemos escolher qual direção queremos dar a nossa vida. O mais difícil para mim não é escolher esse caminho, mas sim escolher esse caminho em todas as áreas da vida!!!

Viver correndo já se tornou o tão normal que quem decide seguir no próprio ritmo é visto como preguiço, procrastinador e por aí vai....

Nas relações de trabalho, isso já tomou proporções tão grandes que cada vez mais pessoas adoecem por estresse, tantos talentos engolidos pela pressão do fazer mais no menor tempo possível...

E nossas refeições? Elas estão cada vez mais fast e menos food!

Para tudo o que fazemos, existe uma versão "express", até a Yoga e a meditação já caíram na rede dos apressados. Guias rápidos; Faça isso ou aquilo em 5min.; Aprenda mais em menos tempo...

Assim como o Carl eu não sou contra a velocidade, mas contra o excesso dela. Sou contra a seguir o ritmo dos outros, ao invés do meu próprio. Sou contra viver correndo e mal respirar, a vida deve ser apreciada e experênciada em sua totalidade.

Ah! Então sim, o Slow serve para todos, porque sempre vai ter alguma área da nossa vida precisando de mais lentidão e calma.

 

 

COMUNIDADE EFEITO ORNA
Isabelly Sa'ar
Isabelly Sa'ar Seguir

Olá eu me chamo Isabelly Sa'ar, sou bailarina de Dança do Ventre, Publicitária e um monte de outras coisas(uma multipotencial de carteirinha) Eu amo escrever, dançar e ter viva dentro de mim a chamada liberdade.

Ler conteúdo completo
Indicados para você