Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

Faça as pazes com seus "defeitos"

Faça as pazes com seus "defeitos"
Ana Carla Batista
mar. 17 - 2 min de leitura
7 Curtidas
1 Comentários
2

Tagarela!
Egocêntrica!
Impaciente!
Mandona!
Sem foco!
Feminista!

Aposto que se você está aqui, alguma dessas palavras ou os seus sinônimos, você deve ter ouvido em algum momento da vida e talvez pode ter se sentido mal com esses adjetivos, afinal quando ouviu não foi de uma forma positiva o contexto da classificação.

Somos rotuladas diariamente por cada post, curtida, projeto e até leitura que mostramos ao mundo, sendo que quem nos rotula não pensa nas consequências das palavras duras e na forma com que são ditas (inclusive, nós podemos ter feito isso com alguém algum dia).

E esse é o ponto de reflexão que quero deixar com esse texto, lembrem sempre que quando rotuladas ou rotulando a pessoa pode entender aquilo como algo negativo, mas você deve realmente se questionar se aquilo que você está fazendo é negativo pra você.

Afinal, ser tagarela vai te levar muito longe, já dizia o ditado "quem tem boca vai à Roma", seu ego precisa ser alimentado, sua confiança depende disso diariamente, valorização não pode ser confundida com egocentrismo.

Devemos ter a noção de que o tempo resolve tudo, mas não precisamos cruzar os braços, então a tua impaciência fará com que você se mova, tenho certeza que chegará mais rápido que as outras pessoas. Como diria Bela Gil, você pode substituir o mandona, por líder, saber delegar funções e gerenciar uma marca não é tarefa para fracos.

Sem foco?! Será mesmo, que as inúmeras conexões que você faz, unindo o teu trabalho com as outras áreas significa que você não tem foco, ou que você enxerga além do horizonte garota. E feminista, nem vou falar que quando falam isso de forma negativa já é um reflexo do que o feminismo tanto luta pra quebrar, então sejamos sim, tudo isso que falam que somos.

Sejamos todas mandonas, egocêntricas, sem foco, feministas...
Sejamos por nós e pelas que virão.
Sejamos por efeito e para o efeito.
Sejamos mulheres, plurais, livres e indomáveis.


Denunciar publicação
7 Curtidas
1 Comentários
2
0 respostas

Indicados para você