[ editar artigo]

Dois erros de português aparecem em muitos e-mails. Será que você faz algum deles?

Dois erros de português aparecem em muitos e-mails. Será que você faz algum deles?

Você certamente já reparou que os e-mails profissionais repetem um mesmo padrão: primeiro, fazemos uma saudação à pessoa que receberá o e-mail (porque somos pessoas bem-educadas! rs). Depois tratamos sobre o assunto que criou a necessidade do e-mail e finalizamos com a nossa assinatura.

Mas na maioria dos e-mails dois erros aparecem: um logo no início e outro no fechamento. Veja quais são esses 2 erros e descubra se você faz algum deles.

 

Erro #1: não usar vírgula com o vocativo na saudação do e-mail

Vocativo é o termo que usamos para chamar alguém. Nos e-mails que enviamos e recebemos, o vocativo aparece em frases semelhantes a estas:

  • Bom dia, Cliente.
  • Oi, Cliente. Tudo bom?
  • Cliente, seguem arquivos anexos.

Perceba que existe um intervalo entre os vocativos - que nos exemplos acima são representados pela palavra Cliente - e o resto da frase. É justamente por existir esse intervalo que precisamos usar a vírgula. Apesar de ela ser muito esquecida nesses casos, a vírgula é obrigatória.

Em frases como essas, a falta de vírgula não chega a causar confusões; a mensagem está clara para quem recebe o e-mail. Mas em alguns casos a falta de vírgula com o vocativo chega até a mudar o sentido da frase.

Isso acontece nos exemplos a seguir:

  • Veja bem meu amigo. ✖️ Veja bem, meu amigo.
  • Você viu o professor Leandro? ✖️ Você viu o professor, Leandro?
  • Onde está minha irmã Clara? ✖️ Onde está minha irmã, Clara?
  • Temos um problema pessoal. ✖️ Temos um problema, pessoal.

Você percebeu como muda o sentido de uma frase para a outra?

Saiba mais sobre o uso da vírgula com os vocativos neste vídeo:

 

Sim, eu dou dicas de português de forma leve e bem-humorada. 😆 E cuidado! Nesse vídeo faço um spoiler do erro #2.

Uma referência que recomendo para você aprender a usar a vírgula com segurança é o livro Só Vírgula – Método Fácil em vinte lições, de Maria Tereza de Queiroz Piacentini. Nele você verá mais dicas sobre o uso da vírgula com os vocativos e ainda encontrará outras 19 situações sobre o uso da vírgula.

 

Erro #2: usar a abreviação incorreta da palavra “atenciosamente”

Descobrir que usar “Att.” para assinar e-mails está errado é uma informação chocante, eu sei! Afinal, vemos ele aparecer desde os primeiros e-mails profissionais que recebemos, não é mesmo?

Mas essa abreviação está incorreta. O certo ao encerrar um e-mail é usar “At.te”.

Você pode confirmar essa informação no site do VOLP, na aba “Reduções”. A única versão que você encontrará é a que falei acima: At.te.

Neste vídeo você vai saber um pouco mais sobre o tema:

Mas depois de assinar com “At.te”, é preciso usar alguma pontuação entre a abreviação e o nome de quem está enviando o e-mail?

De acordo com o livro Só Vírgula, você tem duas opções:

1) Usar uma vírgula: At.te,

2) Usar apenas o fechamento, sem pontuação: At.te

Claro que você também pode escrever Atenciosamente, por extenso. 😉

 

Gostou das dicas? Você faz algum desses erros nos seus e-mails? Ou, quem sabe, os dois? 🤭 Conte para mim aqui nos comentários.

COMUNIDADE EFEITO ORNA
Ler conteúdo completo
Indicados para você