[ editar artigo]

Como descobrir o que te faz feliz?

Como descobrir o que te faz feliz?

Quem é que não quer ser feliz?

Na verdade, acredito que estamos aqui para isso, certo?

A vida não é só estudar, trabalhar e pagar contas. Nós podemos ser muito mais do que isso. Mas, é aí que tudo começa a ficar confuso, eu sei.

Acho que nos sentimos tão perdidas com isso porque relacionamos o “ser feliz” com alguma profissão. Um exemplo clássico disso é quando alguém perguntava para gente o que queríamos ser quando crescêssemos, e nossa resposta era sempre algo relacionado ao trabalho, imaginando que seríamos felizes assim – é claro.

Aprendemos um monte de coisa quando estamos crescendo, mas ninguém pega na nossa mão e nos ensina o que nos faz feliz.

Talvez confundimos a verdadeira felicidade

O "ser feliz" é diferente para cada um. O que te faz feliz, pode não deixar outra pessoa tão empolgada.

Hoje em dia, é possível que a gente seja bastante controlada pela vontade de sempre querer mais, ter mais, ser mais, e assim nos esquecemos do que nos traz felicidade de verdade.

Tudo bem, um carrão, um emprego legal, ter um corpão ou viajar pelo mundo pode te fazer feliz. Mas, é uma felicidade instantânea, que deixa um vazio logo em seguida.

Mas, se pararmos para pensar, será que é isso que realmente vai te fazer feliz? Será que esse é o seu propósito, o que você veio fazer aqui?

No livro As coisas que você só vê quando desacelera, o autor Haemin Sunin escreveu uma frase que pode abrir a sua mente para o assunto:

“Alguns dizem que não sabem o que estão procurando na vida.

Isso pode ser porque, em vez de se conectarem com os próprios sentimentos, levam a vida de acordo com a expectativa de outras pessoas.

Vida a vida não para satisfazer os outros, mas para realizar o que seu próprio coração deseja.”

Como ouvir o que o seu coração quer?

Em 2016, quando comecei a ler e estudar sobre autoconhecimento, a pergunta sobre qual era o meu propósito e o que me fazia feliz não saía da minha cabeça.

Afinal de contas, sem um propósito, que sentido a minha vida faria? O que eu estava fazendo com meu tempo aqui? Como eu poderia ser mais feliz?

Infelizmente, não tem nenhuma mágica que nos traga essas respostas de um minuto para o outro. Posso dizer que para entender o que me faz feliz hoje, passei por vários processos.

No meu coração, eu sabia que queria ajudar as pessoas de algum jeito. Mas, na época ainda não confiava muito bem no meu potencial, e as ideias ainda pareciam muito vagas, sabe?

Não desisti. Comecei a ler, falar e ouvir sobre o propósito, carreira, autoconhecimento, criatividade... enfim!

No começo, tudo isso não parecia estar conectado. Mas, esses assuntos me ajudaram a evoluir e entender que precisava de cada um para entender o que eu estava procurando: a minha conexão comigo mesma, a minha felicidade.

E assim, percebi que ser feliz não era só ser empreendedora, bem sucedida, famosinha no Instagram, viajar o mundo ou querer agradar. Felicidade, para mim, é evoluir como ser humano e conseguir influenciar as pessoas a evoluírem também; é compartilhar com as pessoas o meu conhecimento, e poder ajudá-las com isso; é aproveitar cada instante e confiar que o melhor e mais adequado acontece na vida.

Mas, por que fazer tudo isso?

Antes de me questionar sobre o que realmente me fazia feliz, eu não me considerava infeliz. Jamais!

É bem provável que você também não se considere.

Mas, eu sentia que faltava algo, como se eu pudesse fazer algo muito maior por mim, e pelos outros, e não estivesse fazendo. Você se sente assim também?

Aí é que está a importância de descobrir o que te faz feliz.

O meu conselho para você preencher esse vazio é: experimente! Leia, escute e converse sobre diversos assuntos. Experimente coisas que você nunca tentou antes.

Perceba o que faz o seu coração vibrar e, mais do que isso, lembre-se de que você não precisa limitar sua felicidade a sua profissão.

Quando você sai do papel de vítima e assume o papel de protagonista da sua vida, quando começa a aceitar tudo o que a vida tem para te dar e usa tudo isto ao seu favor, cada segundo é válido.

Tudo isso pode mudar daqui um tempo, e está tudo bem. O importante é que você estará vivendo com o coração quentinho e, claro, com uma felicidade muito grande e sincera!

Espero ter te inspirado!

Deixe aqui nos comentários se você já encontrou o que te faz feliz, ou o que está fazendo para encontrar a sua felicidade!

Com amor, Carol ❤️

COMUNIDADE EFEITO ORNA
Carol Benke
Carol Benke Seguir

Sou formada em Publicidade e Propaganda e trabalho com Marketing de Conteúdo profissionalmente desde 2018, quando comecei atuar como freelancer para agências e empresas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você